Facebook Para Advogados

Como usar o Facebook para promover o seu escritório de advocacia?

Se você, advogado, tem um escritório de advocacia e quer expandir seus negócios, precisa saber como utilizar o Facebook para advogados. Mas como conseguir resultados realmente efetivos?

Não basta criar uma página, postar qualquer coisa de vez em quando e esperar receber milhões de curtidas e compartilhamentos. É necessário um trabalho estratégico e, o mais importante, compreender a lógica por trás do Facebook.

Afinal, por que algumas fanpages obtêm tanto engajamento e outras não? Saiba agora neste artigo.

  1. Como funciona o Edgerank

O Facebook tem uma forma própria de mostrar os conteúdos postados para os seus usuários. Tudo é baseado em um algoritmo chamado Edgerank, que funciona de acordo com três fatores básicos: relevância, afinidade e tempo.

Para o Edgerank identificar o seu conteúdo como relevante, é preciso que os seus posts tenham muitas curtidas, comentários e compartilhamentos.

Se isso se confirma, o Facebook mostra o seu conteúdo para mais gente. Caso contrário, o Edgerank não identifica relevância em sua postagem e isso limitará o alcance.

Ok. Mas como produzir um conteúdo relevante?

Você precisa entregar soluções para o seu público. Por isso, gere conteúdos simples, claros e objetivos. Deixe de lado a linguagem técnica e dê dicas que sejam úteis.

Outro ponto importante: produza o seu próprio conteúdo e não saia copiando ou compartilhando de outras fanpages. A lógica é simples: você precisa oferecer um diferencial para o seu leitor ou ele não terá interesse em voltar a visitar a sua página.

Relacionamentos são a chave para o sucesso!

Lembre-se de que no Marketing Digital você está construindo um relacionamento. É preciso fazer com que as pessoas voltem várias vezes à sua página e interajam. Esse processo deve ser contínuo até que seu público lembre de você como uma autoridade.

No início, é natural a fanpage não ter muitos seguidores. Mobilize a sua rede de contatos mais próxima (clientes, parentes e amigos) para que curtam e compartilhem suas postagens. Isso ajudará muito a aumentar o alcance dos posts.

Já a afinidade significa que seu conteúdo será mostrado para quem tem mais ligação com o tema postado.

O Facebook mede a afinidade pela recente interação com seu conteúdo. Ele leva em conta se as pessoas foram até a sua página, curtiram, comentaram e compartilharam.

Seus posts serão distribuídos primeiro para quem interagiu com suas postagens mais recentemente. Assim, a interação aumenta o alcance.

Nos posts, você pode incluir call to action (chamada para ação). Ou seja, pedir para as pessoas darem a opinião sobre o tema abordado, deixarem dúvidas ou marcarem amigos.

Essa simples estratégia é poderosa, pois vai ajudar a fazer com que o Facebook mostre seus próximos posts para as pessoas que interagirem.

O tempo é o outro fator significativo para o Edgerank. Quanto mais recente for a sua postagem, mais o Facebook dará prioridade na distribuição dela.

Isso significa que você precisa ter uma alta frequência de postagens. Consistência (conteúdo relevante) e periodicidade (postagens regulares) formam uma combinação positiva na obtenção de resultados.

  1. Explore o Facebook Insights

Você deve analisar os dados das suas postagens para entender seus resultados e tomar decisões sobre as postagens futuras. Postar sem verificar os resultados é como remar sem um mapa náutico.

Para isso, utilize o Facebook Insights, uma ferramenta que mostra as estatísticas da sua página. Nela, é possível ver o número de curtidas, comentários e compartilhamentos em cada publicação.

Depois de postar periodicamente durante pelo menos uma semana, analise os dados no Facebook Insights. Você poderá verificar qual postagem teve mais engajamento e identificar qual foi o tema abordado. Sabendo disso, gere mais conteúdo similar.

Outra dica é identificar qual horário teve mais engajamento. Sempre dê preferência por postar nessa mesma hora.

  1. Utilize as redes sociais da maneira certa

Sempre foque o seu conteúdo para que forneça informação relevante. Ninguém entra no Facebook para fazer compras e ver anúncios.

Crie postagens que abordagem temas úteis, por exemplo: as vantagens de contratar os serviços de uma assessoria jurídica ou como um advogado experiente pode contribuir para destravar processos difíceis.

Portanto, direcione sempre o seu conteúdo para a educação do seu público, forneça dicas e alerte para erros que possam causar prejuízos. Assim, você estará usando da forma certa o Facebook para advogados.

O tamanho dos conteúdos também deve ser observado. No Facebook, as interações tendem a ser rápidas, com textos mais curtos. Porém, em seu blog você pode e deve fazer posts mais longos e bem explicativos para os leitores.

  1. Não fique apenas no texto

Conteúdo é um universo que abrange bem mais do que apenas texto. Aproveite para utilizar imagens e vídeos, pois isso chama muita atenção no Facebook. Além disso, conteúdo multimídia tem mais relevância para o Edgerank.

Por exemplo, se compartilhar um post do seu blog no Facebook, sempre utilize imagens com o link para a publicação. Escolha imagens atraentes e que tenham relação clara com o seu conteúdo. Você pode conseguir boas fotos em bancos de imagens gratuitos na internet.

A identidade visual da sua empresa precisa ser bem trabalhada. Por isso, cogite contratar um profissional webdesigner para produzir imagens de alta qualidade para os seus posts.

Ao compartilhar vídeo no Facebook, prefira postá-lo diretamente no próprio FB. Isso aumenta em pelo menos 10 vezes o alcance em comparação apenas colar o link do Youtube.

  1. Anuncie no Facebook

Para conquistar melhores resultados, o interessante é combinar o tráfego orgânico ao tráfego pago. Por isso, vale a pena reservar um valor para investir em anúncios no Facebook.

Comece com uma quantia pequena por dia para testar e verificar os resultados. De início, R$ 10 reais já ajudam. Conforme você analisa o engajamento e afina as próximas postagens, poderá aumentar o valor do anúncio.

Uma dica ao fazer os anúncios é refinar bem a segmentação. O próprio Facebook Ads possui uma área para preencher com o tipo de público a ser atingido. Coloque nessa etapa todas as informações que tiver sobre seu público-alvo, tais como: idade, gênero, região do país e interesses.

Dê preferência por utilizar o gerenciador de anúncios e não o botão de “impulsionar” que aparece nas postagens. No gerenciador, você consegue fazer um direcionamento mais completo do anúncio, aumentando suas chances de ter mais visualizações.

Solução, e não promoção!

Lembre-se sempre de que o conteúdo precisa ser útil para resolver um problema do seu público. Não foque em promover a sua própria imagem ou falar de alguma promoção.

Facebook não é para vender diretamente e sim para criar relacionamento que levará a construção de autoridade e a vendas futuras.

Você ainda tem dúvidas sobre este tema? Deixe nos comentários.

No próximo artigo, vou abordar mais um ponto relevante sobre divulgação online para escritórios de advocacia. Até lá!

Em caso de dúvidas, fale comigo! Eu te ajudarei a fazer seu escritório crescer na internet, conquistar mais público e obter o reconhecimento que você precisa!

Sucesso e até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *