Entenda O Papel Da Contabilidade Como Instrumento De Gestão E Alicerce De Resultados Para As Empresas

Entenda o papel da contabilidade como instrumento de gestão e alicerce de resultados para as empresas

A contabilidade como instrumento de gestão é uma importante ferramenta para alavancar negócios e alcançar objetivos

Você deve estar pensando “mas o que eu tenho que entender sobre a contabilidade como instrumento de gestão e de resultados?”, e eu estou aqui para te dizer que para, você, contador e você, contadora, existem alguns aspectos que podem não ficar claros no dia a dia, mas que é sempre preciso expor para os seus clientes.

Estão prontos?

Bom, meus amigos e amigas da contabilidade, então, vamos lá!

Você já é um(a) contador(a) gestor(a)?

Se você me acompanha no YouTube e nas demais redes sociais como Facebook e Instagram, já deve ter percebido que eu uso muito o termo “contador gestor”, e se você ainda não sabe o que significa, saberá agora!

Bom, é sempre importante lembrar que a contabilidade como a conhecemos está com os seus dias contados. Isso significa que não dá mais para você, profissional contábil, se manter como um mal necessário, uma obrigação para os empresários. É preciso que

você seja mais que isso!

Quero que você se torne um herói para os seus clientes e para o seu público-alvo!

Mas, como se tornar um herói, se você nem mesmo se enxerga assim, hein?! 😕

Pois, é! A palavra-chave de hoje é posicionamento, e você precisa posicionar a sua contabilidade como instrumento de gestão JÁ!

Como fazer sua contabilidade se posicionar como um instrumento de gestão?

Ser um(a) contador(a) gestor(a) significa ir além do que a contabilidade, por padrão, já faz. Ficar sentado(a) num escritório emitindo guias? Qualquer contador pode fazer… Orientar o cliente a como agir em determinadas situações e se apresentar de antemão para evitar problemas?

Isso é um traço da contabilidade como instrumento de gestão!

E você precisa acumular esses traços para o seu escritório ou empresa contábil. Sabe por quê?

Bom, porque o seu cliente pode já “não estar mais tão a fim de você”. Sabe aquele pretexto clássico de traição, onde alguém diz “se não tem em casa, vai procurar na rua”? Então, para a prestação de serviços, ele é muito válido!

Afinal, se você contrata algo e não recebe a atenção que acha que deve receber, pode procurar por essa atenção em outros prestadores de serviços. Agora, sabe o que não é replicável?

Trabalhe na unicidade do seu escritório!

Sim, isso mesmo – a forma como você acompanha os serviços que presta para os seus clientes! A forma como você se relaciona com o seu público – isso é algo único, que conquista e que faz com que as pessoas queiram estar ao seu lado!

Por isso, ao invés de focar nos serviços que seu escritório presta, foque em:

  • Benefícios reais da sua contabilidade para os seus clientes;
  • Uma linha de comunicação clara e objetiva, sem forçar uma venda;
  • Na orientação que você deverá providenciar aos clientes;
  • No diferencial, a unicidade dos seus serviços;
  • Em problemas comuns que os seus clientes enfrentam e em como você pode solucioná-los.

Quando você foca em levantar problemas e demonstrar soluções, mostrar como o seu escritório pode ser realmente útil para o seu público, aí sim, você mostra o seu valor!

É aí que você começa a se tornar um(a) contador(a) gestor(a) e prova que a contabilidade como instrumento de gestão é imprescindível.

Quer receber mais dicas de como se tornar um(a) contador(a) gestor(a)?

Eu posso te ajudar! Entre em contato comigo. Eu e o Grupo DPG vamos fazer seu negócio ter uma presença digital forte e, sem dúvidas, nossas dicas te possibilitarão fazer um trabalho realmente valioso para os seus clientes!

Um forte abraço!

Marta Giove
CEO | Grupo DPG

Redes Sociais:
Facebook
LinkedIn
YouTube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *