Transformação Da Empresa Contábil

É o mercado que está em crise ou sua empresa contábil que não se transforma?

Em minha jornada diária tenho contato com muitos empresários contábeis, muitos mesmo, falo com uma média de 20 a 30 donos de empresas contábeis por dia. E acreditem meus amigos, cerca de 90% deles não param de reclamar da crise, de falar sobre a crise, de o quanto a crise está afetando suas empresas, do mal que a crise está fazendo ao mundo corporativo, etc. Parece que a cada 10 palavras que falam, “12 tem a ver com a crise” – do quanto ser um empresário contábil é difícil, e assim por diante. Vários deles chegam a me perguntar se eu conheço alguém que queira comprar suas carteiras de clientes, pois, pensam seriamente em desistir e mudar de ramo de negócios. Eu fico muito triste ao ouvir isso!

Sabemos que, atualmente, vivemos sim, uma crise política e financeira no Brasil, e que isto não é “estória pra boi dormir”, e sim, um fato latente à qualquer empreendedor. Porém, ao estudarmos os cases de grandes empresas, podemos analisar o tipo de atitude destes grandes empresários (seus proprietários)  e como os mesmos conseguiram espantar as crises através de atitudes positivas, e acima de tudo, como estes grandes empreendedores enxergaram momentos difíceis – como os que passamos hoje –  como grandes oportunidades para darem uma guinada definitiva em seus negócios.

Infelizmente, meus queridos clientes, amigos e demais empresários de contabilidade – muitos dos quais ainda não tive o prazer e a felicidade de conhecê-los, porém, já os considero como amigos – a maioria das pessoas, não digo todas, porém, a grande maioria não quer sair de sua zona de conforto e mudar seu comportamento e maneira de pensar. Ou melhor, não digo nem mudar, porque o que apenas mudamos, pode retornar ao seu estado original, mas, TRANSFORMAR SUAS ATITUDES!

Sabemos que sair da zona de conforto e transformar o “status quo” das coisas – no cenário da vida em que vivemos e nos habituamos – dói, dói muito, e desculpem a expressão da palavra, dói pra caramba mesmo, exige esforço, muita dedicação e disciplina, aliás, muita disciplina e resiliência!

O que quero dizer com isso, é que precisamos transformar nossa mentalidade e acreditar que essa transformação será a “grande virada” em nossas vidas e em nossos negócios, e que o esforço empenhado nos trará uma reconfortante recompensa. É como está escrito na bíblia, e sei que muitos de vocês acreditam no que está escrito no livro sagrado: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente”. (2 Coríntios 4:17).

Toda está crise, se você tiver fé e atitudes positivas de que irá superá-la, pode ter certeza, irá se transformar em grandes oportunidades, e você vai surfar sobre ela e ter incríveis experiências empreendedoras para contar aos seus colaboradores, filhos, netos e para todo o mundo corporativo empresarial. Se você acreditar que pode vencer, você ainda irá inspirar muita gente!

Meus queridos, fiquem pasmos, realmente estamos em crise, uma das maiores que nosso país já sofreu! No entanto, existe um lindo oceano azul de oportunidades para sua empresa contábil crescer, se tornar sólida e uma grande referência para o seu público alvo e mercado de atuação.

Isto quer dizer que, se você está dentro do percentual dos 90% dos empresários contábeis que apenas reclamam da crise, e que por isso, passaram a sofrer de uma grave miopia corporativa, infelizmente, sua visão está obstruída e você ainda não percebeu que o mundo mudou e que, como diz a canção do grande músico e poeta da música pop brasileira, Lulu Santos:

Nada do que foi será, De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa…Tudo sempre passará! A vida vem em ondas
Como um mar… Num indo e vindo infinito! Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente Viu há um segundo… Tudo muda o tempo todo…No mundo… Não adianta fugir… Nem mentir pra si mesmo agora… Há tanta vida lá fora… Aqui dentro sempre… Como uma onda no mar!”

As mudanças vieram pra ficar, e o mundo continuará evoluindo, e em questão de segundos tudo que você aprendeu sobre empreendedorismo pode mudar. Porém, se você tiver resiliência suficiente para aceitar as mudanças, transformar sua mentalidade empreendedora e agir de modo a acompanhar a evolução das coisas, você sempre terá, à sua disposição, um lindo oceano azul para você navegar e atravessar o mundo velejando em uma jornada de sucesso sem volta!

Ao invés de você reclamar de que seus colegas de profissão praticam a chamada “concorrência desleal”,  por quê você não procura entender o que seu cliente realmente quer? Por que você não deixa pelo menos um dia, o conforto do seu escritório, sai um pouco da operação, vai a campo visitar a cada um de seus clientes e procurar entender realmente suas necessidades e o que você pode mudar na sua prestação de serviços? Por quê você não se especializa realmente no segmento dos seus clientes para oferecer apoio, assessoria, consultoria e serviços diferenciados, que só um especialista no segmento poderia oferecer?

Faça isso, e planeje algo que venha realmente agregar valor ao seu trabalho!  Pensar fora da caixa irá proporcionar a você uma ocasião favorável perfeita de analisar a cada uma das oportunidades que estão aí, latentes no mercado corporativo, esperando alguém para abraçá-las e executá-las com maestria. Por que não este alguém ser você?  

Ao ler o que estou escrevendo, talvez você me ligue amanhã e brigue comigo e me diga:

“Mas, Marta, você diz tudo isso porque não conhece a rotina de um contador! Somos profissionais “atolados de serviços até as tampas”, não tem como deixar a operação e sair todos os dias para visitar clientes e pensar fora da caixa como você indagou”.  

Minha resposta à estas colocações, eu faço questão de antecipar à você, pois é real, e eu vejo o sucesso acontecendo com empresários contábeis que agem exatamente da forma que vou lhe responder:

Meu caro amigo se esforce um pouco mais e se abstenha de algumas coisas, por exemplo:

  • Saia dois dias por semana para visitar clientes, ou delegue para um dos sócios fazer isso todos os dias;
  • Use seus finais de semana (sábados e domingos) e analise todas as informações contidas nos relatórios de visitas que você coletou ao visitar seus clientes;
  • Pesquise tudo o que você puder sobre o que pode fazer de melhor para agregar valor aos serviços prestados por sua empresa e encantar aos seus clientes;
  • Planeje os próximos, dois, cinco ou dez anos de sua empresa contábil;
  • Analise as tendências do segmento e veja onde você está falhando, em que pode melhorar;
  • Pense em como você poderá ser criativo de modo a seguir as novas tendências e se beneficiar delas;
  • Crie planos de ações consistentes;
  • Invista em treinamentos de gestão para você e para o seu time. Existem vários profissionais capacitados no mercado que podem te ajudar, e detalhe, às vezes, sem você precisar investir nem um valor estratosférico. Então, apenas pesquise e faça o seu melhor!

Basta que você tenha força de vontade, deixe a negatividade de lado  e volte a estudar. Você se lembra do brilho nos olhos que você tinha quando começou a faculdade de contabilidade?  Lembra-se do quanto você se esforçou e comemorou a cada conquista na profissão? Seu primeiro escritório, seus primeiros funcionários… E os primeiros clientes então? Está na hora deste brilho em seu olhar voltar. Volte a estudar como se estivesse no período de faculdade. Tenha a mesma garra e a mesma determinação do começo de sua carreira empreendedora.

Lembre-se, seu maior oponente e limitador é você mesmo!

Sei que isso exigirá muito esforço e muito sacrifício de sua parte, mas, tenho certeza que, se você se empenhar de cabeça e partir para a ação, vai perceber que existe realmente um grande oceano azul de oportunidades a sua frente. Agora, isso é uma questão de escolha, ou seja, você é o fruto de suas escolhas! Então, se você acreditar que pode, você pode. Se você acreditar que não pode, você não pode. Em ambas escolhas, você está certo!

Isto posto, meus caros amigos, eu finalizo dizendo que:

Existe a crise, sim, porém, sofre os efeitos dela quem só vive pensando nela. Não existem empresas contábeis em crise, existem empresas e empresários contábeis que não se transformaram, e sequer cogitam algum tipo de ação para viver essa importante transformação! E então, diante dos reveses do empreendedorismo contábil, acabam por desistir de seus sonhos, pois acreditam que o sonho se tornou um grande pesadelo.”

Parem, respirem, pensem, peçam ajuda, comecem a acompanhar e seguir os melhores do seu segmento, nem que seja pela web. Mas andem sempre com pessoas que têm uma mentalidade vencedora e que hoje vencem na profissão que um dia vocês também acreditaram que venceriam. 

Minha mãe sempre me disse: “Marta, me diz com quem você anda, que eu digo a você quem você é”.

Lembre-se: Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo. Então, transforme sua mentalidade e se preciso for, mude até suas companhias (se elas forem negativas ou pensam pequeno) e tenha certeza de uma coisa, um mar gigantesco de oportunidades se abrirá para você e para sua empresa contábil.

Pratique diariamente este lema: “Sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho” – Jorge Paulo Lemann

Se você gostou deste artigo, comente-o logo abaixo. Conte-nos um pouco da sua história, fale-nos como você está vencendo os obstáculos no empreendedorismo. Se você não gostou, sinta-se a vontade para comentar também e nos falar sobre o seu ponto de vista. Tenho certeza que tanto eu, quanto os seus demais colegas, empreendedores e empresários da contabilidade, irão gostar muito de conhecer sua opinião e saber um pouco da sua história como empreendedor. Não perca esta grande oportunidade de inspirar alguém!

Ah, e se quiser, compartilhe em suas redes sociais! É muito importante você compartilhar o que gosta com seus amigos!

Pense nisso e muito sucesso na nova fase de sua empresa contábil!

Marta Giove

CEO – Grupo DPG

Marta Giove

Se tornou uma pessoa multitarefas através dos diversos times que supervisionou ao longo dos seus 11 anos de experiência em liderança. Visando sempre o crescimento da sua equipe, Marta Giove é adepta do empoderamento dos seus colaboradores para o crescimento pessoal e profissional de cada um. Sua missão pessoal é ser mais do que uma líder, se tornar a maior mentora e influenciadora de decisões que transformarão pequenas pessoas em grandes vencedores. Agindo sempre com muita competência e com muita garra para alcançar seus objetivos, soube juntar seus sonhos com a sua determinação para vencer as dificuldades que lhe foram impostas pela vida. O trabalho duro e a perseverança tem sido dois grandes aliados na sua carreira até aqui. A sua vasta experiência de mercado deu-lhe a capacidade de antever resultados e prever soluções antes não vistas pelos que estão ao seu redor. O futuro contencioso é um mar que não consegue balançar o barco em que suas mãos estão no timão. Ser extremamente focada em seus objetivos é uma das principais características de seu trabalho, onde priorizar as soluções que impactassem melhores resultados foi o que destacou a sua liderança em companhias que trabalhou. Seu principal propósito é o desenvolvimento de todos os Stakeholders, motivando o grupo e promovendo o resultado esperado.

Este post tem 4 comentários

  1. Dimario de Santana Brito

    Marta, bom dia!

    Que Deus continue te dando sabedoria e inspiração, para escrever textos lindos, profundos e que gera no leitor uma vontade incrível de dizer bem alto, apesar desta crise, “eu me considero uma pessoa muito feliz”, pois Deus já me deu:
    -Uma Família maravilhosa;
    -Uma saúde excelente;
    -Um emprego abençoado – nelo ganho o meu sustento para prover a minha família, Senhor, muito Obrigado, Inspire em pessoas o seu carater e faça dias melhores para esta nosso País chamado Brasil e também para o mundo.

    1. Marta Giove

      Ola Dimário, muito boa tarde!
      Desculpe a demora para te responder. Seja muito bem vindo ao universo GRUPO DPG.
      Obrigado pelo carinho em suas palavras! Realmente, mantenha-se assim, pois Deus já lhe deu o mais importante: Família, Saúde, Emprego e tenho certeza que deves ter amigos maravilhosos também.
      Que Deus continue a abençoar sua vida, de sua empresa, família e de todos que o rodeiam. Que sonhos sejam realizados!
      Se precisar de algo, pode contar comigo e com a equipe GRUPO DPG!
      Obrigado por compartilhar sua opinião conosco!
      Muito sucesso e Deus o abençoe, hoje e sempre!

  2. LUIZ FERNANDO MOURAO

    BOM DIA MARTA, VOCÊ REALMENTE TEM RAZÃO O QUE DIZ EM SEU TEXTO, ATÉ PORQUE SEMPRE PENSEI DESSA FORMA CHORAR E RECLAMAR MENOS E TRABALHAR MAIS, O QUE CONFESSO É QUE NUNCA PENSEI QUE UM DIA ESSA TAL DE INTERNET FOSSE SER O QUE ELA É HOJE, SOU UM DOS EMPRESÁRIOS DA CONTABILIDADE QUE TIVE SIM QUEDA NO FATURAMENTO POR CLIENTES QUE QUEBRARAM E DEIXARAM SEUS DOCUMENTOS AMONTOADOS NO ESCRITÓRIO SEM SEQUER PERGUNTAR QUANTO CUSTA OU CUSTARÁ ESSA GUARDA DE LIVROS.
    RESOLVI CRIAR UM SITE MAS COMO NÃO SEI NADA SOBRE ESSE ASSUNTO PROCUREI UM CARA DE BEM COM A VIDA, O ANDERSON HERNANDES, QUE ME ACONSELHOU SOBRE O TAL SITE, MAS DISSE UMA COISA VAI DEMORAR, ESTOU DESDE 2008 TODOS OS DIAS.
    ENTÃO FUI FALAR COM ESSA PESSOA CHAMADA MARTA POR ELA ESTAR VINCULADA A UMA DAS PROFISSÕES MAIS BELAS, CONTABILIDADE COISA DE DOIDO, MAS UM DOIDO FELIZ.
    CONTADORES MAIS ANTIGOS, VAMOS ACREDITAR NESSA GAROTADA ELES ESTÃO MUDANDO O MUNDO TECNOLÓGICO E TAMBÉM O CONTÁBIL.
    PARABÉNS MARTA

    1. Marta Giove

      Sim Luiz Fernando! Parece um jargão, mas é uma realidade: Durante a CRISE tire o S e CRIE. Crie situações favoráveis para destacar sua empresa… seja sempre proativo e principalmente, tenha uma mentalidade empreendedora positiva, pois, assim como você se vê em sua alma, assim você é (Provérbios 23:7).
      Muito boa sorte em sua jornada empreendedora e pode contar sempre comigo e com toda a equipe do GRUPO DPG!
      Obrigado pelo comentário e pelo carinho!
      Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *