Qual A Importancia Do Conselho Regional De Contabilidade Para O Contador Post - Grupo DPG

Qual a importância do Conselho Regional de Contabilidade para o contador?

A contabilidade é a sua vida? Espere… tudo bem, pode até não ser a sua vida, mas, certamente, é a sua profissão, certo?

Bom, de todo modo, hoje falaremos sobre a importância do CRC – que é o Conselho Regional de Contabilidade.

Você já ouviu falar ou tem profundos conhecimentos a respeito?

O que é o CRC ?

O CRC, que, como dito, se trata do Conselho Regional de Contabilidade, é uma parte de fundamental importância na formação dos bacharéis, e tem profundo significado para o exame do CFC – que se trata do Conselho Federal de Contabilidade  e que visa trazer garantias e maior credibilidade aos profissionais da área contábil.

Assim sendo, mesmo com a graduação na contabilidade, na hora de atuar ou de conseguir um emprego no setor contábil, será o registro do CRC que fará a diferença na sua profissão de contador.

Para que serve o conselho regional de contabilidade?

O CRC é um dos responsáveis por habilitar e legalizar o trabalho do contador em suas diversas funções.

E possui a função de fiscalizar e orientar todos os profissionais dessa área, no que tange as responsabilidades e diretrizes dos contadores. Dessa forma, o CRC, é regido pelo CFC – que como dito, se trata do Conselho Federal de Contabilidade – havendo ao todo, 27 conselhos em todo o Brasil (um por estado).

Qual a função do CRC?

Bem, sua maior função é estabelecer diretrizes bem pontuadas dentro da profissão, de forma a trazer maiores credibilidades e garantias nos exercícios das funções do contador.

O CRC também atua com:

  • Questões relacionadas à ética profissional.
  • Programas de cunho educacional para melhorias dos conhecimentos dos contadores registrados.
  • Fiscaliza e também pune os contadores, que atuam com atividades fraudulentas e incorretas.

E como é possível obter um registro no conselho regional de contabilidade?

Para ter esse registro, é preciso primeiro realizar uma prova, que ocorre 2 vezes por ano.

Esse exame foi instituído pela Lei de número 12.249/2010, que alterou o artigo 12 do Decreto Lei de número 9.295/46.

Diante essa Lei, fica declarado e em vigor que os profissionais contábeis só poderão desenvolver suas atividades, a partir dos seguintes requisitos:

  • Conclusão do curso com técnico em ciência contábeis.
  • Conclusão do curso de bacharelado em ciências contábeis.
  • Sendo aprovado pelo exame de Suficiência do CRC.

Esse exame é conhecido como um dos pilares de grande importância e sustentação para todos aqueles que deseja atuar como contador.

Esse exame é uma espécie de teste que atesta e valida os conhecimentos dos profissionais, para que possam desempenhar suas atividades.

Geralmente, as provas contam com diversas questões que envolvem:

  • Contabilidade geral.
  • Contabilidade de custos.
  • Perícia contábil.
  • Língua portuguesa aplicada.
  • Dentre outras.

Então, depois de aprovado, o candidato tem o prazo de dois anos para realizar sua inscrição no CRC do seu estado.

Portanto, fica claro que o CRC tem fundamental importância para os trabalhos do contador, evidenciando suas habilidades e gerando segurança a todos os clientes que contratam o profissional, tendo ele passado pelas avaliações requeridas para o desempenho das atividades contábeis!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Grupo DPG?

Somos uma Agência de Marketing Contábil – SP, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @GrupoDPG.Digital

Sucesso e até logo.

[cta-box-news form=”contact-form-7 id=’12404′ title=’Blog – Newsletter'”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *