Cartão De Visita Digital

Cartão de visita digital para advogado – a nova tendência para conquistar clientes e gastar pouco!

O cartão de visita para advogado é uma ferramenta excelente para divulgar seu negócio, não é mesmo? Agora existe uma versão DIGITAL para os advogados que pensam à frente!

O cartão de visita digital para advogado não é novidade para ninguém. Qualquer pessoa que frequenta eventos da categoria ou que frequentou algum escritório advocatício já se deparou com eles.

Mas, uma coisa que muitos advogados não sabem é o quanto isso custa para os seus escritórios. Pare e pense: quantos cartões você, advogado(a), manda fazer durante o ano todo?

Então, é partindo dessa linha de raciocínio que eu, Marta Giove, venho aqui falar para você, advogado(a), sobre os cartões de visita digitais para profissionais de advocacia!

Primeiro, deixe-me explicar o fundamento de um cartão de visita digital: é uma questão de economia, consciência ambiental e facilidade! E, veja bem: eu sequer citei a escalabilidade que é possível alcançar com a sua publicidade!

Se você já me acompanha há algum tempo, certamente já se deparou com meus artigos sobre marketing jurídico e como aplicá-lo sem ferir as normas da OAB. Mas, se ainda não os leu, não tem problema algum, pois você pode ler cada um deles nos links abaixo:

https://grupodpg.com.br/como-prospectar-clientes/

https://grupodpg.com.br/marketing-juridico-confianca/

Aqui no blog, há outros vários artigos como esses! Então, após terminar a leitura das dicas que darei a você aqui neste texto, peço que separe algum tempo e leia o que mais temos a oferecer!

Você conhece o Código de Ética e Disciplina que um advogado precisa seguir, mas sabe como divulgar a imagem do seu escritório?

Entenda: as estratégias de marketing jurídico e de marketing digital jurídico são permitidas pela OAB, desde que não firam as regras previamente estabelecidas e não apresentem conteúdo apelativo. Portanto, da mesma forma que espalhar cartões de visita em eventos e locais de interesse é uma prática permitida, utilizar cartões de visita digitais também é!

A questão é: por que e como utilizá-los?

Veja, abaixo, um exemplo do DPG Conecta, um cartão de visita para advogados no meio digital, que reúne TODAS as informações relevantes para o seu escritório jurídico!

cartao_de_visita_digital_advogados

cartao_de_visita_digital_advogados

 

 

 

 

 

 

 

Pare e pense: o que os potenciais clientes para o seu escritório precisam ver em um cartão de visitas?

Bom, além de conter informações essenciais como o nome do escritório de advocacia, dos advogados e do endereço, além de outros dados que vão de acordo com as normas de ética da OAB, é preciso se adequar ao mundo digital.

O que isso significa? Bem, seus clientes estão em redes sociais, sejam eles atuais ou em potencial. Então, você pode encontrar pessoas que precisam de advogados no Facebook, por exemplo! O que te impede de ter uma página na rede social?

Centralize o contato dos seus clientes em potencial com a ajuda da Internet!

Não vou entrar muito no mérito da criação de fanpages para o seu negócio. Afinal, tenho muitas dicas sobre este e outros assuntos em outros posts do blog. Mas, o que eu quero que você entenda é o seguinte: o marketing jurídico é uma ferramenta muito eficiente, mas ela precisa se adaptar.

Se, hoje, as pessoas vivem conectadas com seus smartphones e computadores, por que não explorar também este ambiente? E, nisso, fazer uso do cartão de visita digital para advogados?

Imagine um cartão de visitas padrão, em papel. Contudo, pense que existem botões nele, sabe? Botões mesmo! Você aperta um botão e ele curte sua página do Facebook. Aperta outro botão e acessa o site do seu escritório!

Não é incrível? Com um cartão digital, isso é possível. Seus clientes em potencial, colegas na área de atuação e pessoas que querem entrar em contato poderão, com pouco ou nenhum esforço, encontrar seu escritório na Internet.

Além disso, preciso que você entenda um outro ponto: sites para advogados são cada vez mais fundamentais para o empreendedor jurídico, que precisa se distanciar dos seus concorrentes e se tornar uma referência no mercado.

Isso quer dizer que você, como um(a) advogado(a) empreendedor(a), deve pensar em estratégias de diferenciação! Produzir conteúdo relevante no seu site é fundamental, portanto, básico! Ter seu endereço de e-mail e a URL do website é imprescindível… Então, o que fazer?!

Se diferenciar no meio jurídico pode ser difícil, mas não é impossível!

Bom, com o cartão de visita digital, você consegue centralizar todos os canais de comunicação em um único lugar – que pode ser acessado por um celular, bastando apenas a conexão com a Internet! Você pode compartilhar no WhatsApp, no Facebook Messenger, via e-mail e em vários outros lugares! Com um QR Code, pode até deixá-lo impresso no cartão regular e aliar as duas estratégias.

Agora que eu já falei sobre alguns benefícios de digitalizar o cartão de visita digital para advogados no ponto de vista de facilidade e captação de clientes, quero falar sobre outro fator importante para você: a economia!

Produzir centenas de cartões de visita todo ano pode ter um custo relativamente baixo, mas ele acaba se tornando recorrente. Ao final, isso pode se tornar um grande problema!

E, principalmente quando o país passa por incertezas econômicas e políticas, é difícil confiar que o orçamento não será afetado de forma alguma. Por isso, calcular as ações é fundamental!

O dinheiro que você gasta com a produção recorrente de cartões pode ser economizado, pois o cartão digital só precisa ser produzido UMA VEZ.

Faça as contas e me diga: é ou não é um ótimo negócio?! Você pode personalizá-lo de acordo com as suas necessidades, tal como acontece com um cartão de papel.

O cartão de visita digital para advogados com visão do presente e do futuro promove consciência ambiental!

Outro ponto importante: cartões digitais não agridem o meio-ambiente, o que diferencia o seu escritório jurídico da maioria! Basta a quantidade de papel necessária para executar os seus trabalhos! Você ainda pode divulgar essa informação em seu site e outras mídias, esclarecendo que seu escritório advocatício é consciente e não desperdiça papel, nem agride o meio-ambiente, trabalhando com quantidades reduzidas de material impresso.

Quantos escritórios têm essa sacada? Você não concorda que pensar e aplicar isso te ajudará – e muito – a se diferenciar dos concorrentes?!

Conte para mim, e se quiser, fale conosco para produzirmos o SEU cartão de visita digital. Um DPG Conecta para chamar de seu!

adquira seu cartão digital

 

 

 

 

 

 

 

 

Muito sucesso e até mais. Se tiver mais dúvidas sobre o Marketing Jurídico, pode comentar aqui, será um prazer te ajudar!

Nós do Grupo DPG somos uma agência de marketing digital segmentado especializados no mercado de contabilidade, estamos localizados no coração da Lapa em São Paulo – SP, venha nos visitar.

Siga-nos no Facebook: @GrupoDPG

Ficou alguma dúvida? Entre em contato conosco

Somos uma Agência de Marketing Digital para Contadores e Advogados em SP. Com certeza, podemos ajudá-lo a transformar o seu negócio!

Vamos elevar sua empresa ao próximo nível?

Estamos esperando por você… até logo.

Acesse nosso Facebook: @GrupoDPG.Digital

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Este post tem 2 comentários

  1. Avatar
    Thalisson Rodrigo

    Tenho uma dúvida acerca do cartão de visitas digital.
    Há vedação do código de ética em relação às fotos no cartão de visitas. Essa vedação não se estenderia também aos cartões de visita digitais?

    Grato.

    1. Avatar
      admin@grupodpg

      Prezado Thalisson, tudo bem?

      Em resposta ao seu questionamento, “considerando que o caput do Art. 44 do Código de Ética trata da PUBLICIDADE, CARTÕES e MATERIAL DE ESCRITÓRIO, obrigando quanto à todos estes a indicação do nome, e número na OAB; Considerando que o § 1º faculta a divulgação de certas informações; Considerando que o § 2º proíbe, especificamente nos CARTÕES DE VISITAS a inclusão de fotografia, a interpretação de que o cartão digital não é o mesmo que CARTÃO DE VISITA, logo, a fotografia não estaria proibida, contudo, se se interpretar que o meio físico ou lógico não distingue “cartão visita”, a fotografia em cartão digital estaria vedada.

      Sugiro que deva-se formular consulta formal junto à OAB SP ou de sua jurisdição para se ter certeza quanto a permissão”. Faz sentido?

      Um forte abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *