Difamação-nas-redes-sociais

DIFAMAÇÃO NAS REDES SOCIAIS? SAIBA COMO NÃO SER ALVO

6 Dicas de como evitar difamação nas redes sociais

Antigamente notícias raramente eram de fontes fantasiosas, quando comparamos com os dias de hoje. Nos dias atuais as notícias e informações percorrem o mundo inteiro com uma incrível velocidade, notícias que podem ser de fontes oficiais, oficiosas ou fantasiosas. E geralmente acatamos essas notícias por serem transmitidas por mídias oficiais.

Caso você vá a fundo numa informação ou notícia que te interessou pode descobrir se a fonte é segura ou não. Infelizmente, temos pessoas que não checam a fonte das informações e acabam julgando, criticando e condenando sem assumir qualquer responsabilidade por tais comentários.

Por esses motivos, empresas devem ter cuidado redobrado com o que falam, para quem falam e por quais mídias se comunicam.

Visando não permitir que sua empresa seja vítima de difamação nas redes sociais, vou lhes passar 6 Dicas:

1. Dica

Procure certificar-se sempre do caráter de seus potenciais parceiros de negócios. O caráter da pessoa pode se manifestar de maneira negativa incentivando para que sua empresa seja alvo de difamação nas redes sociais.

2. Dica

Preste atenção diariamente nas mídias sociais saiba o que e como estão falando da sua empresa.

3. Dica

Se notar algum feedback ruim da sua empresa nas mídias, não tenha medo de falar diretamente com as pessoas que estão falando de você. Saiba as dores delas e trate de empenhar-se para resolvê-las.

4. Dica

Caso seja necessário preste esclarecimento público. Embora eu acredite e recomende que se fale publicamente e oficialmente sobre qualquer assunto, em alguns casos isso pode repercutir mais ainda e alimentar o “bonde da intriga”.

5. Dica

Comunique sempre ao público mudanças e inovações que acontecem dentro da sua empresa. Caso tenha dado algo errado ou identificou na crise uma oportunidade de melhoria, não tenha medo de mostrar publicamente a sua mudança de postura.

6. Dica

Não tenha medo de responsabilizar judicialmente os eventuais responsáveis por esse tipo de irresponsabilidade. Isso trás relevância na responsabilidade da empresa, deixando seu público mais seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *