Sites Juridicos Para Advogados Como Atrair Os Seus Clientes Com Informacao Post - Grupo DPG

Sites jurídicos para advogados – Como atrair os seus clientes com informação

Sites jurídicos para advogados são excelentes formas de atrair clientes e tirar o foco de portais jurídicos e revistas especializadas, sem deixar de seguir as normas da OAB.

Sim, os sites jurídicos para advogados funcionam muito bem. Em todos esses anos trabalhando com marketing digital, tanto no que tange ao ramo jurídico quanto ao contábil, testemunhei o crescimento de vários clientes com estratégias relativamente simples, que nem sempre estão ligadas a campanhas patrocinadas (anúncios pagos) ou mesmo a algo mais avançado dentro do marketing digital.

Mas, como assim?

Bom, se eu te disser que “APENAS” ter um site jurídico preparado para o mundo do marketing digital não funciona, eu estaria mentindo, é uma ótima maneira de começar!

É claro que, com o tempo, se você realmente quiser captar clientes pela internet e promover bastante a imagem do seu escritório, será necessário desenvolver estratégias paralelas, afinal, ter um site não significa que as pessoas vão acessá-lo, certo?

Sites jurídicos para advogados precisam entregar conteúdo de primeira qualidade!

Dito isso, é preciso que você saiba que um dos primeiros passos para ter acessos suficientes no seu site, a ponto de obter conversões em clientes, é produzir conteúdo de qualidade – esse é um método que não precisa custar um centavo ao seu escritório, desde que você entenda os conceitos de produção de conteúdo para web e a linguagem que os seus clientes utilizam nesse ambiente.Sites jurídicos para advogados

Para saber mais você pode acessar a nossa postagem “Marketing de Conteúdo para Advogados – Conheça as suas vantagens e capte mais clientes!

É importante se atentar a esses detalhes, já que se comunicar errado ou criar conteúdos que não sejam relevantes para o seu público pode resultar em perda de tempo para a sua produção. Além disso, você pode sim – e deve -, considerar terceirizar a produção desse conteúdo a especialistas em marketing digital jurídico.

Por quê?

Os conteúdos produzidos precisam ser criados com base em uma persona, que é basicamente um modelo de cliente ideal, que destaca os comportamentos, desejos, impressões e outras características que o seu público-alvo possui, porém, de uma forma muito mais específica. É como se você tivesse uma ficha sobre a pessoa que lerá o seu conteúdo.

E, se por algum acaso o conteúdo produzido divergir daquilo que foi estabelecido como a Persona ideal, não importa o quão longos sejam seus textos, eles não te posicionarão como a autoridade que o Doutor ou a Doutora é. Por isso, esteja ciente de que:

A sua persona deve ser definida corretamente. Para isso, eu recomendo que busque a orientação e o apoio de uma equipe especializada, pois trabalhar com uma persona errada significa errar desde a base, e sites jurídicos para advogados devem ser construídos COM BASE nessa persona, ou pelo menos, nas características mais desejáveis para o público-alvo em questão.

Sem dor, sem sabor – como começar a produzir conteúdo para o seu escritório jurídico?

O seu site jurídico precisa focar em dois pontos muito específicos e importantes, que agem no subconsciente do seu visitante: dor e prazer.

Esses dois sentimentos são intimamente ligados em absolutamente tudo que fazemos no dia a dia, e para adquirir um serviço ou produto, não poderia ser diferente!

Seus clientes em potencial estão cheios de dores, que precisam resolver o mais rápido possível.  Só que focar apenas nisso pode soar como “chover no molhado”. Então:

  • Você deverá evidenciar as dores que a sua persona possui de forma clara e objetiva, no seu site.
  • Agora, o foco, é em como você pode – e irá – resolvê-las!

Logo, cada parte do seu site deverá conter textos que sejam realmente úteis para quem os lê. Nada de gastar palavras falando APENAS do seu escritório, de como ele surgiu etc. É possível ter uma página específica para isso!

Sua página de serviços precisa ser bem clara, objetiva e com textos escritos de forma que o seu cliente em potencial entenda. Uma linguagem muito rebuscada, técnica ou jurídica pode acabar por afastá-los. Lembre-se: você não está escrevendo para advogados, mas sim para pessoas que não possuem o seu nível de conhecimento em determinados assuntos.

O seu blog precisa de um cuidado ainda mais especial, com temas separados de acordo com as necessidades e dores já levantadas com o uso da persona. A partir daí, você terá uma direção de que tipo de textos deverá produzir, e pode inserir um gancho ao final de cada um deles, como um botão de “saiba mais”, que redireciona para a página de contato e explica como as pessoas podem visitar o seu escritório.

Um detalhe: a página de contato de sites jurídicos para advogados deve conter mais do que apenas um botão e um formulário de contato. Será necessário criar um texto empático e convidativo, sem ferir as normas da OAB, que instigue as pessoas a entrarem em contato com você e a visitar seu escritório.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Grupo DPG?

Somos uma Agência de Marketing Contábil – SP, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @GrupoDPG.Digital

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *