MARKETING DE CONTEÚDO PARA CONTABILIDADE

Marketing de Conteúdo para Contabilidade: Qual o tamanho do post ideal?

No post anterior eu falei um pouco com você sobre o fato de muitos empresários contábeis finalmente estarem acreditando no poder do Marketing de Conteúdo para Contabilidade. Falei também sobre o medo que muitos ainda têm de compartilhar conhecimento, por acharem que isso é o mesmo que revelar o ingrediente secreto de seu fantástico molho. Compartilhei a incrível experiência do mestre Altair Alves, da Soluzione Contábil, e o quanto sua empresa de contabilidade tem granjeado o sucesso através de grandes estratégias de Marketing de Conteúdo para Contabilidade.  

Venho recebendo todos os dias feedbacks muito legais sobre o conteúdo que venho compartilhando com vocês. Isso é muito bom, pois, vejo que estou praticando aquilo que venho tentando conscientizar a todos, que é: compartilhar conteúdo de qualidade e relevante para minha audiência.

Recebo muitos elogios pelo blog do Grupo DPG. A forma que o construímos, o intuito das publicações, a real vontade de educar a vocês sobre Marketing Digital Contábil, principalmente o Marketing de Conteúdo para Contabilidade e o quanto isso pode ser o grande diferencial para o futuro de sua empresa contábil.

Hoje quero continuar esta série de posts sobre a importância do Marketing de Conteúdo para Contabilidade falando sobre a formatação dos posts ou artigos que você deve compartilhar com a sua audiência.

Uau Marta, você vai continuar passando o ingrediente secreto do seu fantástico molho?

Sim! Está é a minha intenção, isto é, o seu sucesso! E para mim, você ter sucesso em suas estratégias de Marketing Contábil é a grande recompensa.  Por isso, vamos entender melhor sobre como um artigo deve ser construído e a sua importância para estratégia de Marketing de Conteúdo para Contabilidade.

O Blog Contábil

Ter um blog integrado ao seu site contábil – e mantê-lo atualizado – é o elemento-chave de qualquer estratégia de Marketing de Conteúdo para Empresas de Contabilidade que querem aumentar o seu respeito e a sua autoridade em 2017 perante o seu público alvo.

Esta é a sua grande oportunidade de compartilhar o seu aconselhamento especializado. Quanto mais você fizer isso, mais você irá provar a sua autoridade contábil especializada para o nicho de atuação dos seus clientes.  (e, com isso, você ajudará o seu público alvo a se sentir mais confiante sobre contratar você para lhe prestar serviços).

Quando se trata de Marketing de Conteúdo para Contabilidade, uma das perguntas que mais eu tenho recebido aqui no GRUPO DPG é:  Marta, qual o tamanho ideal de um artigo que garanta que minha audiência irá ler e que realmente demonstre o meu conhecimento ao meu público alvo?”

É uma ótima pergunta. E sei que você quer uma resposta simples e direta – afinal, você quer apenas ter a certeza de que você está criando conteúdos que lhe garanta as melhores chances de ser encontrado e lido pelo seu público-alvo, não é mesmo?

A realidade, porém, é que não há uma resposta simples para o tamanho do artigo ideal ou sobre quantas postagens você precisa ter exatamente em seu blog, e ainda, por quanto tempo você deve postar.

Eu sempre defendo que o Marketing de Conteúdo para Contabilidade não deve ser apenas uma campanha sazonal, e sim, uma missão intrínseca na cultura de sua empresa de contábil. É uma missão permanente, e você não deve “abortá-la” nunca.

Sei que esta “resposta nada simples” pode ser desanimadora para os empresários do segmento. Porém, quando se trata de marketing, infelizmente as coisas não funcionam da mesma forma que com contas, declarações fiscais ou prazos. As melhores práticas de Marketing de Conteúdo mudam constantemente e depende de muitos fatores diferentes.

Assim, para ajudá-lo a melhorar a eficácia de seus posts, hoje vou falar um pouco sobre como você pode adaptar o tamanho e o conteúdo de seus artigos para atender às muitas e variadas necessidades de sua estratégia de marketing de conteúdo para contabilidade.

Por que o tamanho do artigo é importante?

Existem dois argumentos muito distintos quando se trata de tamanho do post ideal:

  1. SEO Forte – Os motores de busca (e o Google em particular) gostam de mais artigos de autoridade” que contenham mais conteúdo, mais palavras-chave e melhorem a otimização geral de seu mecanismo de busca (SEO).
  2. Boa legibilidade  Mas algumas pessoas (seus verdadeiros leitores, isto é, seu público alvo) na maioria das vezes, preferem artigos mais curtos e rápidos para ler, e com certeza, podem desistir imediatamente se confrontado com um artigo muito longo em seu blog. Isto é um fato!

É óbvio que há uma tensão muito grande entre esses dois pontos de vista. eu sei que corro o risco de poucas pessoas lerem os meus posts. Mas estou consciente dos meus objetivos aos escrevê-los.

E agora, qual a estratégia ideal?

Você se define pelas produções de artigos muito longos que terão um excelente SEO, portanto serão melhores ranqueados pelo Google, e convive com o fato de que alguns leitores irão se recusar a ler?

Ou você escreve posts mais curtos, onde as pessoas podem ler com muita rapidez, mas que terão SEO fraco e pode não lhe trazer um bom tráfego orgânico?

A resposta mais coerente seja, talvez adaptar o seu conteúdo para obter os requisitos de SEO e também trabalhar critérios de legibilidade equilibrando os dois aspectos da melhor forma possível. Este é o mundo ideal! E isso significa entender quando um pequeno post irá resolver, e quando um longo artigo será a melhor estratégia para melhorar o seu perfil de marca na web perante o seu público. Simples assim!

Vejamos alguns cenários diferentes de conteúdo e vamos analisar juntos como podemos equilibrar a contagem de palavras e a legibilidade com o melhor efeito possível para sua estratégia.

Postagens curtas (300-500 palavras)

Às vezes, você só quer dizer algo curto e simples. Você não tem o objetivo de “viralizar” seu conteúdo, você só tem uma mensagem clara e objetiva para comunicar ao seu público. Este é o tamanho ideal para o que eu chamo de “post isca”, para aumentar a velocidade e legibilidade de seus objetivos principais.

300 palavras é o número mínimo absoluto de palavras de um post ou conteúdo institucional para que uma página de seu site ou blog seja ranqueada pelo Google. Por isso, insisto tanto com meus clientes que preparem conteúdos institucionais maiores, pois, um texto menor que 300 palavras não será sequer considerado pelo Google.  Por outro lado, se o assunto for simples, um conteúdo maior que 500 palavras faz você correr o risco de se tornar prolixo e desfocado para as pessoas que não conseguirão entender rapidamente o objetivo de sua mensagem.

Um “case” bem legal, é o de Seth Godin, um empresário americano e escritor de livros sobre negócios . Ele  é um “blogueiro” que utiliza muito a estratégia de posts curtos em seu blog . A principal vantagem do Seth, é claro, é que ele já tem um grande número de seguidores que adoram ler esses posts curtos. Como você não tem milhões de seguidores – então não espere mil ações de seus primeiros posts.

Alguns exemplos de postagens curtas no blog de sua contabilidade seriam:

  • Divulgação do seu próximo webinar  descreva brevemente o tópico do webinar, diga às pessoas de forma objetiva o que elas aprenderão ao participarem e focalize o tema central para as ações de call-to-action – levando as pessoas a visitarem sua página de captura e se inscreverem para o evento web.
  • Informe as pessoas sobre eventuais mudanças em sua equipe  se você contratou um novo especialista fiscal ou alguém foi promovido para este cargo, um post rápido é uma ótima maneira de aumentar a conscientização dos clientes sobre quem faz parte de sua empresa. Atualize a página de sua equipe e vincule as pessoas de volta a esta página, para que possam ler mais sobre o novo membro da equipe..
  • Atualize os clientes sobre uma atualização importante de seu segmento  faça uma breve descrição sobre determinada notícia que você gostaria que seu público alvo lesse. Disserte um pouco sobre tal notícia para o seu público de forma breve e direcione-os para o link que contém a notícia original.

Postagens Médias (750-1000 palavras)

Quando o assunto for um pouco mais “carnudo” , e existirem diversas mensagens-chave a se incluir, você precisará de mais espaço para tratar esses pontos de forma eficaz. E, aumentando a quantidade de conteúdo em seu post, você também vai aumentar o seu fator SEO.

Eu chamo isso de um “lanche saudável” para seus clientes – um post que lhes dá algo para mastigar, mas que eles podem facilmente consumir em sua mesa.

Um adulto intelectualizado lê cerca de 300 palavras por minuto , o que significa que um artigo de 900 palavras levará, para a maioria das pessoas, cerca de 3 minutos para leitura.

Seu público precisará investir um pouco mais de tempo para ler este conteúdo, mas não é nada que atrapalhe o seu dia (lembre-se, seus potenciais cliente e empreendedores são pessoas ocupadas que precisam de você para resolver problemas e dar-lhes algo tangível ao seu tempo).

Um música perfeita e agradável para se ouvir, tem supostamente pouco mais de três minutos de duração. Este também deve ser o tamanho dos vídeos mais eficaz para o YouTube, isto é, cerca de 3 minutos (pense nisso quando for criar um conteúdo em vídeo). Então, parece que uma janela de 3 a 4 minutos de concentração é o que o cérebro humano nos permite quando estamos “casualmente” envolvidos com um conteúdo.

Ao contrário de uma breve postagem no blog, neste caso, você não está focado apenas na mensagem ou no apelo à ação, você está considerando contar uma história curta , levar sua audiência em uma pequena viagem empreendedora e dar-lhes algo útil ao final dela.

Conteúdos com este “valor agregado ” terão maiores chances de serem compartilhados nas  redes sociais , porque são facilmente “digeridos”, fornecem às pessoas alguns conselhos úteis a serem seguidos e não há contexto comercial em suas dicas..

Exemplos de posts de média duração seriam:

  • Escrever um artigo sobre a contabilidade em nuvem  Explique as mudanças positivas que a nuvem trouxe para os softwares de gestão. Descreva os principais benefícios para os gestores de pequenas empresas e dê alguns exemplos do mundo real de clientes que fizeram a mudança para a nuvem e aumentaram seus níveis de eficiência e rentabilidade a longo prazo como resultado.
  • Conte uma história de negócios motivadora  Experiência pessoal e histórias do mundo real são vitais para a criação de artigos com conteúdos envolventes. Compartilhe uma história de cliente que perfile um problema de negócios específico e como você resolveu tal problema. Ou escreva sobre sua própria “jornada de negócios” e dê dicas e conselhos que o ajudaram ao longo do caminho. Empreendedores amam histórias reais de sucesso.
  • Transforme algo técnico em algo útil  O que a maioria dos empresários e empreendedores mais detestam ler, é um conteúdo altamente técnico, cheio de jargões específicos e que não falam sua língua. Portanto, pegue um tema técnico – o Impacto do e-Social para as empresas – e traduza-o de uma linguagem técnica para um português simples, com explicações claras sobre o impacto do sistema para os empresários e para a cultura de suas empresas (e como você pode ajudá-los a superar essas questões).

Artigos Longos – como os meus – (1.500 – 2.500 ou + palavras)

Não há como escapar do fato de que posts mais longos são melhores para o seu SEO de seu site ou blog e também para ações sociais.

Conteúdo, (como este que você está lendo agora), que tem 2.500 palavras ou mais funciona muito bem quando se trata de buscas, pesquisas e ranqueamento nos motores de busca. Algumas pesquisas especializadas sobre Marketing de Conteúdo demonstram que que o tamanho de post mais compartilhados no Facebook recentemente estão entre 2000 – 2.500 palavras .

Então, se você quiser aumentar e melhorar o SEO de seu site contábil, e melhorar o seu perfil atraindo novas audiências online,  posicionando-se como uma autoridade em sua especialização contábil ou nicho de clientes de seu interesse, você vai precisar de posts com mais palavras, isto é, artigos mais longos. 

Um post maior é o seu “banquete completo” para o seu público, onde há uma infinidade de roteiros de conteúdos e “pratos saborosos” para satisfazer os apetites cada vez mais famintos do leitor de negócios moderno.

Mas – e é um muito importante e crítico “mas” – não seja tentado a produzir 3.000 palavras de informações “tediosas” sobre os meandros técnicos da legislação de ICMS ou SPED. Isso é importante para você, mas é um “porre” para o empreendedor.

Este post longo precisa ser um guia útil para donos de empresas, não um CV (Currículo Vitae) mostrando tudo o que você sabe sobre suas especialidades exigidas.

E não quero dizer com isso que cada postagem sua precisa ser tão longa quanto o filme “E o vento levou”, não entenda literalmente. Como já disse acima, tudo dependerá de sua estratégia de marketing de conteúdo para contabilidade, isto é, haverão momentos em que um post mais curto fará o trabalho perfeitamente – entretanto, existe mesmo um valor real em produzir posts maiores, principalmente quando você deseja contabilizar resultados mais concretos de longo prazo.

Se você quer realmente envolver as pessoas que clicarem em seu post mais longo, você precisa se concentrar em duas coisas importantes:

  1. Concentre -se na legibilidade – certifique-se de que seu conteúdo está bem construído, dividido em seções claras e facilmente digeríveis e que é interessante lê-lo até o final.
  2. Dê ao leitor algo valioso  certifique-se de que está doando ao seu público um conteúdo de ‘valor agregado’, com elementos de conselhos práticos, dicas úteis e soluções viáveis.

Considere o Layout do post

Um layout claro e objetivo, totalmente escaneável de forma simples, é um critério vital de legibilidade. Propor um esforço cerebral enorme e ininterrupto para que a pessoa consiga compreender seu conteúdo, não vai atrair ninguém para ler o que você produz. Pelo contrário, irá cansar as pessoas e fazê-los desprezar seu blog. Portanto, é realmente importante pensar sobre a estrutura do seu artigo mais longo.

  • Comece definindo o assunto principal e um título atraente  para justificar  a construção de um artigo maior, um conteúdo que demonstre autoridade, você precisa abordar uma questão de negócios, um desafio de gestão financeira ou um assunto onde existam inúmeras oportunidades para você demonstrar o valor dos bons conselhos empresariais que você tem à dar!
  • Anote os pontos-chave  quais são as principais coisas que você quer falar? Ao descrever os principais pontos que você quer abordar, você cria a estrutura e “o esqueleto” de seu artigo. Esta é então a superestrutura fora da qual o resto do seu conteúdo trava totalmente, por isso, é importante a construção deste esboço.
  • Quebre longas sequencias com subtítulos  longos trechos de texto simples no corpo do artigo, não atraem os olhos. Nós tendemos a olhar em uma “forma padrão F”, onde o olho escaneia a esquerda da página, procurando algo para se envolver com ela. Dividir o texto com subtítulos curtos e explicativos ajuda a melhorar a legibilidade e torna o conteúdo mais digerível para o leitor.
  • Use pontos de marcação para destacar tópicos importantes  quando você quiser destacar alguns trechos-chave, e não quiser que eles se percam no meio de um “calhamaço” de informações no corpo do texto, as marcações de tópicos são muito úteis. Tópicos marcados (como esses que você está lendo agora) ajudam a capturar os olhos do leitor e direcioná-los para a parte direita da página. Se alguém estiver escaneando casualmente seu longo artigo, as marcações receberão sua atenção muito mais efetivamente do que parágrafos longos de “prosa” complicada.
  • Use gráficos e imagens  o conteúdo do blog não precisa ser limitado a texto simples. Usar infográficos, gráficos e imagens ajuda a manter o interesse do leitor e também lhe dá outro meio de compreender as mensagens como um todo. Um diagrama de fluxo colorido que mostra o impacto dos pagamentos atrasados para o fluxo de caixa, pode ser uma maneira muito mais eficaz de mostrar o benefício do conteúdo para o negócio.
  • Mantenha-se concentrado em agregar valor  quanto mais longo for o seu post , maior será a tentação em desviar o assunto e perder de vista o ponto central desse conteúdo, que é totalmente educativo e não comercial. Em última análise, você deve considerar que está produzindo conteúdo de modo a fornecer orientações úteis e práticas para o seu público alvo, os donos de negócios – portanto, mantenha o foco em questões e dicas para ajudar seus potenciais clientes a superar suas dificuldades. Nada mais que isso!

Se você seguir estas diretrizes, você acabará se tornando uma autoridade , que demonstra ter substância, ideias e conselhos relevantes, isto é, tudo o que o seu público espera receber de você. (você passa a ser seu conselheiro de confiança, finalmente).

Você também estará criando o tipo de conteúdo denso que o Google adora – estruturado e apresentado de uma forma que garante a melhor legibilidade possível e engajamento de seus seguidores do blog e leitores casuais.

Exemplos de posts que se beneficiariam de uma abordagem de longa duração incluem:

  • Um guia aprofundado para melhorar os lucros  produzir um guia sobre gestão financeira pode ser muito relevante. Aborde assuntos como: gastos excessivos, fluxo de caixa reduzido, margens de lucro surreais e má gestão financeira. Dê ao seu público conselhos para superar essas armadilhas e aumentar a lucratividade de suas empresas
  • Um guia específico com algumas soluções práticas de negócios  se você tem um nicho de mercado específico, por exemplo, empresas de construção civil,  forneça conselhos necessários para melhorar o gerenciamento de projetos, a eficiência e a geração de receitas. Ou escreva um guia para o setor do varejo sobre como integrar as últimas tecnologias de pagamento digital em sua loja e como agregar “recebimentos” de pagamento sem cartão, através do blockchain – e os benefícios de integrar toda esta tecnologia aos softwares de sua empresa de contabilidade.

Faça bom uso de sua estratégia de Marketing de Conteúdo para Contabilidade

O desafio é bem maior ao se propor a escrever um post mais extenso. Um post de 2.500 palavras levará muito mais tempo para rascunhar, escrever e fazer a revisão de leitura do que um post de 300 palavras que pode ser executado em alguns minutos.

Então, se você optar pela estratégia de escrever artigos mais longos, é importante se planejar com antecedência , organizar suas ideias em um papel, estruturar um plano de conteúdo adequado e reservar tempo em cada mês para escrever esses guias ou estes artigos longos.

Pense sobre os “grandes temas” que você pode cobrir e descubra como eles se encaixam em um plano de conteúdo anual. O final de um exercício fiscal, por exemplo, pode ser um grande momento para destacar as vantagens de se fazer um planejamento tributário, de modo a conscientizar o empresário sobre a importância de se planejar o pagamento dos impostos, visando redução da carga tributária, diminuindo os riscos fiscais e aumentando a lucratividade da empresa.

A chave é pensar sazonalmente e pontualmente , mas também estar pronto para flexionar seu plano de conteúdo quando novos assuntos e problemas referente ao nicho de seus clientes surgirem.

Sendo assim… escolha a quantidade de palavras, e… escreva!

Agora que você já entendeu o raciocínio por trás do tamanho de um post, espero que você esteja inspirado a começar a experimentar uma estratégia de marketing de conteúdo eficiente, de modo a produzir conteúdos maiores (para conquistar autoridade) e mais curtos como estratégia de atualização contínua em sem blog, pois, ambos têm um papel importante a desempenhar em sua estratégia de marketing de conteúdo para contabilidade.

Qualquer dúvida, estou à disposição! É sempre um prazer falar com você!

Um forte abraço!

Marta Giove

Se tornou uma pessoa multitarefas através dos diversos times que supervisionou ao longo dos seus 11 anos de experiência em liderança. Visando sempre o crescimento da sua equipe, Marta Giove é adepta do empoderamento dos seus colaboradores para o crescimento pessoal e profissional de cada um. Sua missão pessoal é ser mais do que uma líder, se tornar a maior mentora e influenciadora de decisões que transformarão pequenas pessoas em grandes vencedores. Agindo sempre com muita competência e com muita garra para alcançar seus objetivos, soube juntar seus sonhos com a sua determinação para vencer as dificuldades que lhe foram impostas pela vida. O trabalho duro e a perseverança tem sido dois grandes aliados na sua carreira até aqui. A sua vasta experiência de mercado deu-lhe a capacidade de antever resultados e prever soluções antes não vistas pelos que estão ao seu redor. O futuro contencioso é um mar que não consegue balançar o barco em que suas mãos estão no timão. Ser extremamente focada em seus objetivos é uma das principais características de seu trabalho, onde priorizar as soluções que impactassem melhores resultados foi o que destacou a sua liderança em companhias que trabalhou. Seu principal propósito é o desenvolvimento de todos os Stakeholders, motivando o grupo e promovendo o resultado esperado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *